Não damos mais descontos! E eu te conto o porquê

(Tempo de leitura: 3 minutos) Esse final de semana demos mais um passo em direção a um posicionamento da Colibri mais alinhado ainda com os valores que acreditamos. Comecemos com algumas curiosidades sobre o que já vínhamos construindo. Você sabia que uma das premissas que temos com nossos produtos é de nunca aumentar o preço e, pelo contrário, encontrar maneiras […]

Eu não tenho essa necessidade aí não!

eu não tenho essa necessidade aí não

(Tempo de leitura: 2 minutos) Podemos pensar em necessidades não só como aquilo que falta, mas também como aquilo que não cessa. Ora elas estão muito bem cuidadas (no verdinho, quase 100%), ora elas estão precisando de muita atenção (no vermelho, quase 0%). Além disso, é importante lembrar que as necessidades são contextuais. A percepção do seu nível de satisfação […]

Juro que não queria, mas eu já desejei o mal de alguém!

descuido com bem-estar dos outros

(Tempo de leitura: 3 minutos) Você já desejou o mal de alguém? Já quis ver uma pessoa que fez algo que descuidou do seu bem-estar, recebesse em dobro, triplo, tudo aquilo que você não gostou de sentir? Já imaginou que o mundo, ou ao menos o seu mundo, seria muito melhor se essa pessoa não existisse… vulgo, morresse? Eu já. […]

Posicione-se!

transformação social

(Tempo de leitura: 2 minutos) Essa foto te chama a atenção? Então é hora de parar. Respirar fundo. Olhar pra dentro. ⚠️ Sabe aquela piada super legal, no ponto de vista do amigo que contou, mas que chega de forma depreciativa e ofensiva para pessoas negras, homossexuais ou mulheres (dentre outros)? ⚠️ Sabe aquele comentário que existe desde que nascemos, […]

Quais são seus silêncios?

(Tempo de leitura: 3 minutos) Vamos exercitar a imaginação.Tô numa relação. Amorosa. Poliamorosa. De trabalho. Amizade. Familiar. Tanto faz. Escolhe aí. É uma relação que, hoje, faz total sentido. Quero manter, vejo que cuida do meu bem-estar. Aí rola aquele desconforto básico. Alguma coisa que aconteceu e não bateu legal. E falo… eu: – Olha, eu percebi que quando tu […]

Ter razão. Minha doce tentação

(Tempo de leitura: 4 minutos) Tem uns cinco anos que busco conscientemente integrar uma comunicação não violenta na minha vida. Pra mim, isso significa, em primeiro lugar, me acolher nas escolhas que faço, apesar dos impactos que elas causam em alguns momentos (diferentes do esperado, por exemplo). Também significa perceber minhas violências. Não só estas óbvias, verbais. Gritos. Xingamentos. Piadas […]

Respire fundo antes de contar sua própria história

(Tempo de leitura: 3 minutos) É natural que, ao escutarmos o relato de uma pessoa, façamos algumas pontes com as histórias pelas quais passamos. Afinal, enxergamos o mundo através de nossas lentes. São nossas experiências que dão forma a como agimos e interagimos. E quando escutamos algo que nos mobiliza, pode ser que surja a tentação de contar uma das […]

Na dor, às vezes precisamos é de um pouco de escuta

(Tempo de leitura: 2 minutos) Acreditamos na importância de escutarmos a dor da outra pessoa, ao invés de “jogá-la pra escanteio”. Afinal, a dor é parte da vida. Quando queremos evitar o processo de dor e luto da outra pessoa em troca de um bem-estar momentâneo, em longo prazo, existe o risco de quem passa pela dor ser menos responsiva […]

Cultive as características que você quer arrancar da sua vida

(Tempo de leitura: 3 minutos) Tem características minhas que não gosto de jeito nenhum. Acho que deveriam ser totalmente eliminadas. Uma delas, é minha indisposição em entrar em conflito. Só de pensar na possibilidade de um conflito o coração começa a bater mais forte e as caspas pulam que nem pipoca. Me sinto cansado. Hoje, comecei a perceber conscientemente que […]

Confiança e acesso são uma conquista a partir dos privilégios que acumulamos na vida

(Tempo de leitura: 3 minutos) O ano era 2016. Eu viajava para a Europa pela segunda vez. O motivo: visitar a família da Laura, que é belga. Ao desembarcarmos em Amsterdã (Holanda), precisávamos passar pelo controle de fronteira (esse pessoal que fica controlando documentos) para entrar na Europa. A Laura, por ser cidadã europeia, passou pela fronteira pelas catracas automáticas, […]